30/11/2021

Grupo Carrefour Brasil destaca produtos e serviços de pequenos afroempreendedores

Com o objetivo de potencializar e fomentar a prosperidade de pequenos negócios de afroempreendedores, o Grupo Carrefour Brasil está com a exposição de produtos em suas lojas físicas, localizadas em São Paulo e no Rio Grande do Sul, e também em seu marketplace. A iniciativa, que faz parte de uma série de ações de estímulo à equidade racial e ao empreendedorismo negro estabelecidas pelo Grupo, tem como propósito apresentar novos produtos e serviços para os clientes e oferecer ferramentas para ampliar o acesso e a visibilidade desses negócios no varejo.

Dentre as marcas incluídas nesta primeira etapa da ação estão: Makeda Cosméticos, especializada em produtos para cabelos crespos, cacheados e ondulados; Afra Design, responsável por produzir e comercializar a linha de papelaria étnico inclusiva, como cadernos, agendas, planners, blocos de notas; DaMinha Cor, loja de toucas para natação para cabelos volumosos, entre outros produtos;  Madiba Pet, fabricante de acessórios para animais; e Made Tábuas, fabricante de tábuas de madeiras para churrasco e cozinha.

Para que pudessem atuar como fornecedores da rede varejista, os donos das marcas passaram por 90 dias de mentorias oferecidas por profissionais do Grupo Carrefour em parceria com a Afrobusiness. “Queremos a inclusão de pequenos afroempreendedores na carteira de fornecedores do Carrefour, seja para a inserção de produtos em nossas lojas ou na prestação de serviço. Para isso, demos todo o suporte técnico na área jurídica, além de consultorias para emissão de certificados e documentos, estudo para facilitações financeiras e direcionamento quanto a embalagem e rotulagem, e definição da estratégia da marca”, explica Tatiana Jorge, Gerente de Planejamento Comercial do Grupo Carrefour, que completa: “o nosso objetivo é potencializar o empreendedorismo, educação, empregabilidade e combater a discriminação dentro e fora de nossas lojas”.

Além dos itens em exposição nas gôndolas das lojas físicas, os consumidores irão encontrar produtos de outros empreendedores negros à venda em nosso Market Place. “O site do Carrefour tem 10 milhões de acessos por mês, o que amplia consideravelmente o alcance de um pequeno negócio. Por isso, optamos também pelo online, a fim de divulgar, cada vez mais, a rede de afroempreendedorismo e ampliar a atuação desses profissionais”, comentou Tatiana Jorge. 

Antirracismo na prática

Para os empreendedores contemplados pela ação, a iniciativa teve um importante papel na estruturação e profissionalização de seus negócios, visando o acesso a grandes redes varejistas, com destaque para o cuidado em olhar para as especificidades de cada empreendimento ao longo do processo.

“Esse tipo de ação é importante para que exista, de fato, a inclusão, o incentivo e a abertura de oportunidades para os afroempreendedores”, comenta Eugenio Sabino, sócio da Made Tábuas.

Para Maurício Delfino, sócio DaMinha Cor, o maior destaque fica para o processo de mentoria. “Eles entenderam as nossas particularidades e as possíveis lacunas existentes. Foram pacientes e flexíveis em relação a algumas exigências”, afirma. Opinião que é complementada por Samara Silva, fundadora da Madiba Pet: “admiramos muito o trabalho de mentoria. Todas as pessoas seguem nos apoiando até hoje. Deram todo o suporte necessário para que conseguíssemos chegar até aqui. Foram dias de muita interação, emoção e conexão”, conta.

“Penso que, como mulher preta, aprendi muito durante os 90 dias de mentoria. Sempre soube que não era fácil estar presente nas grandes redes, mas essa era uma de minhas metas que, graças ao Carrefour, consegui conquistar. Seguimos esperando mais ações afirmativas, como esta, dentro das grandes empresas”, avalia Ana Cláudia Silva, CEO e founder da Afra Design.

Já Sheila Makeda, sócia-diretora executiva da Makeda Cosméticos, torce para que outros varejistas promovam iniciativas como a do Carrefour, que valoriza os afroempreendedores. “Que ações como esta aconteçam de maneira frequente. Estamos na torcida para que todas as empresas sejam antirracistas na prática, oferecendo oportunidades de crescimento para cada um de nós”, diz.

Fique por dentro de outras iniciativas com foco em empreendedorismo do Grupo Carrefour Brasil aqui no site.

 

 

Na mídia

Marcas selecionadas passaram por um trabalho intenso de mentoria e governança, a fim de terem todo o suporte técnico para comercializar seus produtos e serviços em grandes varejos

#NãoVamosEsquecer

Na noite do dia 19 de novembro de 2020, João Alberto Silveira Freitas foi morto nas dependências de nossa loja no bairro Passo D’Areia, em Porto Alegre/RS, em ato que não representa e nem condiz com os valores do Carrefour.

Neste site, reforçamos as ações que estamos tomando diante deste fato e os compromissos assumidos com a sociedade e com o nosso corpo de mais de 100 mil colaboradores em todo o Brasil. Com o objetivo de seguir evoluindo como empresa e contribuindo para o combate ao racismo estrutural do Brasil.

Grupo Carrefour Brasil conclui todos os acordos com familiares de João Alberto Freitas e avança nos compromissos internos e com a sociedade.